14/12/2015

ASILO PARA IDOSO

Fiquei sem palavras ! 

                                                                                para refletir!
"Minha filha por que me colocou neste asilo ?
Mamãe você na cadeira de rodas, eu tenho mil coisas a fazer, não dava para cuidar de você. Como poderia ficar lhe empurrando na cadeira de roda ?
Gozado minha filha, quando você nasceu, você também não andava, e eu te carregava no colo,
também tinha mil coisas a fazer, tomar conta dos seus irmãos, fazer o café o almoço o jantar, lavar roupas, entre tantas coisas...tinha um milhão de coisas a fazer, cuidava do seu pai , de tudo dentro de casa...
Depois quando você começou a andar os cuidados aumentaram , tinha que ficar olhando em cada canto de casa, para ver o que estava fazendo.
Depois veio a fase da escola eu levava e trazia você, e lá em casa cheio de coisas para fazer...
E coloquei você no colégio pago, lavava roupas para fora para inteirar para pagar o melhor colégio para você estudar...sempre pensando no melhor para você.
E quando veio a sua fase da faculdade, lembra, além das roupas, fazia salgadinho para vender nos botequins, pois era cara a faculdade, mas trabalhava muito, para você ser alguém na vida e ter um diploma, o que eu nunca tive, mas isso não me desonra.
A pensão do seu pai era pouca, eu me desdobrava em três , para sua faculdade para nunca o pagamento atrasar.
Aí você se formou. E logo casou. Saiu de casa, e pouco vinha me visitar.
Adoeci, fiquei nesta cadeira de rodas, realmente ficou difícil em casa me movimentar...
A sua solução foi esta né minha filha, me colocar neste lugar.
Onde quase ninguém vem me ver, nem mesmo poucos minutos para conversar.
É a vida minha filha...mas muitas coisas ainda vai aprender...
Só peço a Deus que seus filhos na sua velhice trate de você.
Que não lhe leve para o lugar do abandono...
Para nenhum asilo...para você não sofrer de solidão...
Vai minha filha, que Deus a proteja...
Que todos os dias e noites oro por vocês...
Não sei quando vai vir me ver...
Dê um beijo nos meus netos...que você ainda não os trouxe para eu conhecer...
Vá minha filha ...Que Deus lhe dê o que há de melhor...
Pois foi Deus quem meu deu forças...nas horas que estava exausta,
Nas minhas orações Ele me fortalecia...e até hoje é com Ele que converso.
Ele para mim não é só apenas um Deus...
Hoje minha filha Ele é meu único amigo. Por isso minha filha você vê uma cadeira vazia perto da minha cama, é lá que Ele senta para conversar comigo, horas...e horas...me confortar...Aliás Ele sempre me conforta. Sempre."

24/11/2015

LARES DE IDOSOS



                             Sugestões orientadoras

                                                        Por AJS 
Os lares para idosos destinam-se a cuidar das pessoas mais frágeis nas áreas da saúde e vida.
Devem possuir capacidade para oferecer soluções adequadas, na generalidade e especializadas, na área dos cuidados de longo-prazo, que permitem - a manutenção dos padrões da qualidade de vida, - a compensação das consequências naturais do envelhecimento, - a protecção física e psicológica, - a valorização de um lugar digno na sociedade, - a possibilidade de cumprir as necessidades, no âmbito da vida quotidiana - de normalidade, - de independência, em termos de liberdade de decisão sobre a vida, - de cuidados, - de especialidade, em termos de estatuto e respeito.
Devem responder às necessidades específicas de : - pessoas independentes mas frágeis,- pessoas temporariamente dependentes em termos funcionais, mas com perspectivas de reabilitação - pessoas parcial ou totalmente dependentes em termos funcionais ou cognitivo.
Para isso, é necessária uma equipa de pessoas que sejam profissionais qualificados com formação especializada devidamente preparadas, composta de técnicos de apoio pessoal, terapeutas, psicólogos, enfermeiros, médicos, gestores, devidamente mentalizados para a finalidade fundamental de cuidar de pessoas.
Cada pessoa deve ser apoiada com respeito pela sua individualidade, pois são todas diferentes (não apenas na impressão digital).


                                                       AJS 23/11/15

07/11/2015

DOURO, PORTUGAL



           viagem espetacular por uma região de culturas e belezas

29/10/2015

MINHO - PORTUGAL



        É UM PRAZER  DIVIDIR COM OS AMIGOS UMA REGIÃO
                                   LINDA DE PORTUGAL

24/10/2015

"TCHIBUM"

O CORPO EM ESTADO LÍQUIDO!
Onomatopeia que significa “queda em água”, o espetáculo traça um paralelo entre o massacre do Charlie Hebdo, na França, e questões sociais relacionadas à falta de água no Brasil.
Em cena, uma piscina cheia de dança.  A companhia de dança deu um banho de ritmo e movimento, deixando o público extasiado. Alan Keller, diretor e coreógrafo, comoveu-se com a recepção da plateia. Atuante na cena de dança sete-lagoana, Keller se disse imensamente honrado com o retorno de um trabalho produzido com tanto carinho, que pode ser integrado ao Inverno Cultural. Carina Marinho, dançarina da Cia. Paraopeba, ressaltou a importância de se discutir a problemática da água, e, parabenizou o festival pela iniciativa.
Sete Lagoas é uma cidade repleta de lagos, o que dá ainda mais importância ao tema “A cultura da água”.
A unidade seguida de vinte e um zeros é sextilhão, a quantidade estimada de litros d’agua que encobre o planeta Terra.
Noventa e oito por cento em oceanos, quase dois por cento em geleiras, subsolos, menos de um por cento em rios e lagos.
Sete bilhões é o numero sete seguido de nove zeros. E é a quantidade estimada de gente no planeta.
Mas, se o corpo humano é em média sessenta e cinco por cento água, então, juntos somos lagos, ou rios, que podem andar, sorrir, criar, dançar, desenhar, amar.
Que carregam o “Chi”, essência da vida.
Um rio de gente que pode ouvir melodias extasiantes, silêncio ou ruídos de guerras, bombas, “Bum”, “tChiBum”.
tChiBum é o corpo em estado líquido tratando de assuntos sólidos.
tChiBum tem água. Nos artistas e seus movimentos. Nos olhos que os vêem.
tChiBum fala de água.
Que falta e que há. Nas tintas do Charlie Hebdo, no suor e pranto, nas mulheres e nos seus filhos, no vapor de corpos violados, secos,no aqualixo e no aqualuxo.
tChiBum quer sonhar com alegria da água limpa no rio de gente.
Muita alegria...
Um sextilhão...
                                 Ailton de Castro – (texto e  produção musical)
.

17/10/2015

CRIATIVOS TECIDOS


CLAUDIO GONTIJO
                           BLOG PLENITUDE
Hoje terminamos e arrematamos mais uma leva do que nos foi enviado.
Costuramos, cuidadosos, com tesoura e agulha.
Fechamos tantos e tantos modelos frágeis que necessitavam de reparos.
Alinhavamos toda a mágoa que através dos rasgos mostrava a pele fragilizada.
Fizemos remendos para vestir melhor ressentimentos já velhos,
que permaneceram expostos ao relento e à indiferença.
E continuamos porque tínhamos a urgência dos que sofrem com a dor alheia.

Cortamos aquilo que percebemos dispostos à calúnia,
tingimos para que toda a veste mostrasse cores de alegria,
cores da alma limpa e perfumada de jasmim.
E pedimos em nossas preces que continuássemos com a chance de reparar sem preconceito, fazendo de novo novas peças de algodão e esperança, com todas as tonalidades que nos permitíssemos,
até o fim do dia, enquanto tecido tivéssemos.

21/09/2015

THE MAN

Um incentivo à reflexão dos defensores do ambiente, que devemos ser todos nós. Na nossa passagem pela vida devemos ter a preocupação de deixar a casa limpa e bem arrumada para os nossos descendentes poderem ter uma vida normal, cômoda e feliz.  
"a.joão soares"

DIA DA ÁRVORE


O Dia da Árvore é comemorado no Brasil em 21 de setembro e tem como objetivo principal a conscientização a respeito da preservação desse bem tão valioso.

A data, que é diferente em outras partes do mundo, foi escolhida em razão do início da primavera, que começa no dia 23 de setembro no hemisfério Sul.
A árvore é um grande símbolo da natureza e é uma das mais importantes riquezas naturais que possuímos. As diversas espécies arbóreas existentes são fundamentais para a vida na Terra porque aumentam a umidade do ar graças à evapotranspiração, evitam erosões, produzem oxigênio no processo de fotossíntese, reduzem a temperatura e fornecem sombra e abrigo para algumas espécies animais.
Além disso, entre as diversas espécies arbóreas existentes, incluem-se várias plantas frutíferas, como é o caso da mangueira, limoeiro, goiabeira, abacateiro, pessegueiro e laranjeira.
Além de produzirem alimento, as árvores também possuem outras aplicações econômicas. A madeira por elas produzidas serve como matéria-prima para a criação de móveis e até mesmo casas. A celulose extraída dessas plantas, principalmente pinheiros e eucaliptos, é fundamental para a fabricação de papel. Além disso, algumas espécies apresentam aplicabilidade na indústria farmacêutica por possuírem importantes compostos.
Em virtude da grande quantidade de utilizações e da expansão urbana, as árvores são constantemente exterminadas, o que resulta em grandes áreas desmatadas. O desmatamento afeta diretamente a vida de toda a população, que passa a enfrentar erosões, assoreamento de rios, redução do regime de chuvas e da umidade relativa do ar, desertificação e perda de biodiversidade.
Sendo assim, o dia 21 de setembro deve ser visto como um dia de reflexão sobre nossas atitudes em relação a essa importante riqueza natural. Esse dia é muito mais do que o ato simbólico de plantar uma árvore e deve ser encarado como um momento de mudança de postura e conscientização de que nossos atos afetam as gerações futuras. É importante também haver conscientização a respeito da importância da conservação, bem como da necessidade de criação de políticas públicas que combatam a exploração ilegal de árvores.

Curiosidades:
Cada região do nosso país possui uma árvore símbolo diferente. Observe:
Árvore símbolo da região Norte – castanheira;
Árvore símbolo da região Nordeste – carnaúba;
Árvore símbolo da região Centro-Oeste – ipê amarelo;
Árvore símbolo da região Sudeste – pau-brasil;
Árvore símbolo da região Sul – araucária.
No Dia 21 de março é comemorado o dia Mundial da Árvore. 

                                                                    Por Ma. Vanessa dos Santos


10/09/2015

CÃES NA PRAIA



TAMBÉM SOMOS FILHOS DE DEUS!
QUE CALOR!
 INTERESSANTE!
ATENÇÃO...
MAS, TODO CUIDADO É POUCO COM AS PRAIAS MUITO FREQUENTADAS, PRINCIPALMENTE, POR CRIANÇAS

BOAS AÇÕES NOS TORNAM MELHORES



                             SOLIDARIEDADE E FRATERNIDADE

07/07/2015

TEU FÍGADO
                                ORGÃO IMPORTANTE DO NOSSO CORPO

18/06/2015

LIVRO DE OURO



VIVÊNCIA,  NORMAS E CONDUTAS

27/05/2015

INDIGNAÇÃO DE UMA DONA DE CASA!


                               
                         INDIGNAÇÃO DE CIDADÃ BRASILEIRA

14/05/2015

VIDA SIMPLES É TER SUFICIENCIA

Mário Sérgio Cortella -
TER SUFICIÊNCIA É A FARTURA NECESSÁRIA

06/05/2015

LE FLASHMOB PRODIGES


                          A MUSICA NA FORMAÇÃO INFANTIL

04/05/2015

AS BEM-AVENTURANÇAS DO ANCIÃO

               

Bem-aventurados aqueles que compreendem meus passos vacilantes e minhas mãos trêmulas.
Bem-aventurados aqueles que levam em conta que meus ouvidos têm que se esforçar para captar o que dizem.
Bem-aventurados os que percebem que meus olhos já estão nublados e minhas reações são lentas.
Bem-aventurados os que desviam o olhar simulando não ver o café que por vezes derramo sobre a mesa.
Bem-aventurados os que com afável sorriso deixam-me,  por algum momentos, falar de coisas sem importância.
Bem –aventurados os que nunca me dizem: “já me contou isso tantas vezes!”
Bem-aventurados os que sabem dirigir a conversa e as recordações para as coisas dos tempos passados.
Bem-aventurados os que me fazem sentir que sou amado e não estou abandonado.
Bem-aventurados os que compreendem quanto me custa encontrar forças para carregar a minha cruz.
Bem-aventurados os que facilitam a passagem final para a pátria definitiva com amabilidade e boas maneiras.


Transcrito do livro: Mensagens e Orações Inesquecíveis

Padre Juca- Missionário da Comunicação

16/04/2015

MITOS E VERDADES

A sabedoria popular indica diversos alimentos para o tratamento de doenças, mas nem sempre o que é passado e boca a boca está correto. "Esses mitos, de que certos alimentos curam alguma enfermidade surge porque alguém comeu enquanto estava doente e depois saiu comentando que melhorou por causa daquele alimento", comenta Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND). O UOL Ciência e Saúde ouviu especialistas para descobrir quais são os mitos e verdades relacionados aos poderes de alguns alimentos.


Ameixa preta para acabar com a prisão de ventre - VERDADE Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), explica que por ter maior concentração de fibras e ácidos orgânicos, a fruta estimula o intestino e melhora eventuais constipações. "As enzimas facilitam a expulsão das fezes porque aceleram os movimentos intestinais", completa Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND).

 Abacate para tratar bronquite - MITO
O abacate tem muitas funcionalidades que podem ajudar no tratamento de doenças, mas não há evidências científicas de que ele participe no tratamento da bronquite. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND) recomenda, para quem sofre da doença, fazer um xarope de mel. "É só ferver mel, gengibre, abacaxi e agrião, pois esses alimentos são mucolíticos, desinflamam e quebram o muco", explica ela.
Acerola para prevenir gripes - VERDADE
A acerola é a segunda maior fonte de vitamina C e aumenta a imunidade de quem a consome. "A presença da vitamina é importante, pois ela é parte fundamental do mecanismo de proteção do nosso corpo e previne muitas gripes e resfriados", exemplifica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND).
Suco de batata inglesa para curar úlcera - MITO
O suco de batata contém um fator antinutricional e não é recomendado por Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND). "Esse composto é prejudicial à saúde porque inibe a absorção de vitaminas e minerais, além de irritar a mucosa do intestino", conta ela. Quem sofre de úlcera também deve evitar verduras e frutas cruas com casca, frituras, refrigerantes, bebidas alcoólicas e leite de vaca. "O ideal é que a pessoa também não consuma nada muito quente nem muito gelado, pois a temperatura queima a mucosa do estômago", completa Vanderlí.
Ameixa japonesa para melhorar a artrite - VERDADE
A fruta concentra substâncias anti-inflamatórias, como o ômega 3, que podem acarretar na melhora da artrite. "Não é um alimento que previne a doença, pois existem questões genéticas que determinam se a pessoa irá desenvolver essa patologia, mas por ter essas substâncias ela pode sim contribuir para uma melhora do paciente", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), que ainda destaca que, por mais que a fruta tenha boas propriedades, ela sozinha não é capaz de tratar ninguém Thinkstock.
Suco de beterraba para curar anemia - MITO
Por ser vermelho, muitas pessoas acreditam que o vegetal tem ferro e que por isso teria a capacidade de acabar com a anemia. Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), explica que o ferro contido no vegetal é pouco e que para que ele possa ser absorvido pelo organismo precisa estar aliado a outro alimento que contenha vitamina C. "O ideal para quem está com anemia é comer lentilha e feijão que tem maior quantidade de ferro", destaca Thinkstock.
Banana acaba com câimbras - VERDADE
Rica em potássio e carboidrato, o consumo de banana ajuda a manter as contrações musculares equilibradas. "O alimento também tem magnésio, que relaxa a musculatura e precisa estar em equilíbrio com o cálcio, que contrai o músculo. Por isso, para não ter câimbra, também é preciso ter equilíbrio entre as concentrações de cálcio e magnésio", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).
Caju para curar frieiras - MITO
Não há comprovação científica de que a fruta ajuda a combater a doença e nenhuma dos especialistas ouvidos pelo UOL Ciência e Saúde relacionaria a cura da frieira com algum alimento específico.
 Beringela para diminuir o colesterol - VERDADE
Por ter alta concentração de fibras e presença de substâncias bioativas, como a antocianidinas, o consumo da berinjela é importante para quem quer diminuir os níveis de LDL, colesterol ruim, no sangue. "Por ter muitas fibras solúveis, ela carrega a gordura para o intestino, que a elimina com as fezes, dessa maneira ajuda a diminuir a absorção de colesterol e gordura", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e directora do Sindicato de Nutricionistas. 



 Cereja para combater o reumatismo - MITO
A associação entre a fruta e a doença não é comprovada cientificamente. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND, dá a dica de outros alimentos que podem ajudar quem sofre da doença. "Por ser uma inflamação, o ideal é consumir elementos com ômega 3 elevado, como os grão de chia, a linhaça e peixes, principalmente a sardinha", conta ela que também indica o uso do gengibre como tempero nos alimentos para quem está com a doença.
Cebola para prevenir o câncer de mama - VERDADE
Em pesquisa realizada na Faculdade de Medicina de Besançon, na França, 345 pacientes que foram diagnosticadas com câncer de mama realizaram um questionário sobre a frequência com que consumiam alguns alimentos, além de escrever um diário com tudo o que comeram por seis dias. A pesquisa revelou que os riscos de desenvolver a doença eram menores para quem consumia cebola. "O alimento tem substâncias bioflavanóides que atuam junto com a vitamina C e tem ação anti-oxidante, isto é, combate os radicais livres que envelhecem as células e previnem uma série de doenças", explica Madalena Vallinoti, diretora do Sindicato de Nutricionistas.
Óleo de abacate para combater a caspa - MITO
De acordo com a nutricionista Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE), a caspa é característica pela falta de zinco e o óleo de abacate não é uma fonte desse mineral. "Nesse caso, outros alimentos são indicados, como grãos integrais e frutos do mar", completa ela.



 Cenoura para bronzeamento - VERDADE
Por conter betacaroteno, uma substância que a ajuda a sintetizar a melanina que dá a cor a nossa pele, comer cenoura ajuda no bronzeamento. "Se uma pessoa consome regularmente o vegetal e depois de um tempo passa a tomar mais sol, a síntese aumenta e isso faz com que a pessoa consiga absorver os raios solares na pele. A cenoura também ajuda a fixar o bronzeado", destaca Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).

Folhas de manga para curar a gengivite - MITO
Não há comprovação científica de que o uso das folhas da fruta ajuda na cura da inflamação. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABNE), destaca o chá verde como um possível alimento auxiliar para a doença. "Como a bebida é bactericida ela mata bactérias e reduz inflamações em geral. Dessa maneira a incidência da doença é menor em quem o consome", afirma ela.


 Chá de cabelo de milho para tratar o rim - VERDADE
Por possuir um conjunto de fitoquímicos que estimulam a função renal, ele é diurético e bom para o rim. "Tomar duas xícaras desse chá por dia já faz a diferença para quem está com algum problema no órgão", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva.
 Leite para eliminar veneno - MITO
O consumo de leite após ingestão de alguns tipos de veneno poderia, inclusive, formar compostos tóxicos no organismo. De acordo com Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE), o fígado seria o órgão mais afetado, pois é nele que ocorre o metabolismo de pesticidas e venenos. A nutricionista indica apenas o consumo de chá cardo mariano para ajudar na recuperação. "Não existe um alimento que sequestre o veneno do corpo depois de ingerido, mas esse chá ajuda a regenerar as células do fígado e melhora a desintoxicação do corpo", comenta ela.
 Chá de pata de vaca para abaixar a glicemia - VERDADE
De acordo com a Revista Eletrônica de Farmácias, a folha da planta Bauhinia forficata se mostrou eficiente como terapia complementar aos diabéticos em diversos estudos, pois abaixa a glicemia. Seu uso é indicado especialmente para os diabéticos tipo 2, que não tomam insulina. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND), adverte que o consumo do chá não deve ser consumido sem orientação especializada, pois em combinação com os remédios antidiabéticos e a insulina pode causar hipoglicemia.
Mamão para a tratar gastrite - MITO
O mamão é rico em papaína, uma enzima digestiva que auxilia no processo, mas não cura a inflamação sozinha. "A polpa do mamão conta com essa enzima que digere melhor proteínas e gorduras e é indicado para quem tem sintomas de má digestão. O indicado é consumir uma fatia grande de mamão formosa ou meia unidade de papaia", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE). A nutricionista indica para gastrite o consumo de banana cozida, pois é um alimento que ajuda na recuperação da doença e é de fácil digestão.
Chá de boldo para tratar o fígado - VERDADE
Segundo pesquisa publicada na Revista Brasileira de Farmacognosia, o chá de boldo érapidamente absorvido, instala-se no fígado e ajuda a evitar o acúmulo de gordura. "Quem bebe frequentemente e em grandes quantidades acumula gordura no fígado e isso faz mal para o organismo", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP). A nutricionista, entretanto afirma que não adianta tomar muitas xícaras da bebida para curar a ressaca. "O ideal é tomar no máximo duas xícaras", ensina ela.
Laranja e limão cortam a gripe - MITO
Ainda que ambas as frutas sejam ricas em vitamina C, não é possível dizer que acabem com a gripe. "A gripe é virótica, não tem como usar a laranja ou o limão para matar esse vírus. O consumo periódico dessas frutas aumenta a imunidade pelo conjunto de vitaminas que elas têm, portanto só ajudam a prevenir futuras doenças", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABNE) Karime Xavier/Folhapress
Leite fermentado para combater a diarreia - VERDADE
O leite fermentado tem lactobacilos responsáveis por repovoar o intestino de microorganismos que fazem bem para o funcionamento da flora intestinal. "Quando se toma um antibiótico, por exemplo, ele não destrói só o microorganismo que causa a doença, ele também acaba com alguns que são bons, portanto o leite fermentado ajuda a manter esse equilíbrio", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP). Ela indica o uso contínuo da bebida, pois mantém a parede intestinal mais saudável.

 Linhaça para combater o reumatismo - VERDADE
O alimento é fonte de ômega 3 e outras substâncias anti-inflamatórias muito importantes para combater a doença. Mas Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), acrescenta, "Não adianta o alimento ter todas as propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar no tratamento da doença se a pessoa não tiver alimentação e hábito.

 Maçã e goiaba prendem o intestino - VERDADE
As frutas reduzem o trânsito intestinal e retardam o esvaziamento do órgão. "Como elas tem fitoquímicos que retardam o esvaziamento intestinal são muito recomendadas em caso de diarreia. Mas elas não reduzem a formação de fezes, apenas tornam o movimento intestinal mais demorado", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação.
Maracujá como calmante - VERDADE
Os efeitos calmantes do consumo da polpa de maracujá ou chá, na forma de infusão de folhas, já são conhecidos pela ciência. Entretanto, o consumo deve ser moderado, sem doses exageradas, e não é indicado para quem tem pressão sanguínea baixa. Além de ser calmante, a fruta é diurética, rica em vitamina C e sua casca também pode ajudar no tratamento de outras doenças. "A casca pode ser seca e torrada para depois ser acrescentada na alimentação, pois as fibras ajudam a diminuir níveis de glicose e colesterol no sangue", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).

 Tomate para prevenir câncer próstata – VERDADE 
Alimentos ricos em caroteno, como o tomate (que possui licopeno), são associados a um risco menor de desenvolver câncer de próstata. Madalena Vallinoti, diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), destaca que como o caroteno é uma pró-vitamina A lipossolúvel (solúvel em gordura) deve ser consumido com uma fonte de gordura, como o azeite de oliva extra virgem, para melhorar a absorção do composto pelo corpo. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND), recomenda triturar o tomate orgânico, fervê-lo por dez minutos e beber 50 ml todos os dias.

FIM







14/04/2015

MANIPULAÇÃO MIDIÁTICA

Noam Chomsky desenvolveu a lista das 10 estratégias de manipulação” dos princípios sociais e econômicos de forma a atrair o apoio inconsciente dos meios de comunicação para a manipulação.

1.- A estratégia da distração:  
 O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas. . A técnica é a do dilúvio ou inundação de contínuas distrações e de informações sem importância. 
 A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir ao público interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área da ciencia, da economía, da psicología, da neurobiología e da cibernética. ” Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, atraída por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar. (Citação do texto “Armas silenciosas para guerras tranquilas”). 
 2. Criar problemas e depois oferecer soluções: 
 Este método também é chamado: “ problema--> reação--> solução”. Se cria um problema, uma “situação” prevista para causar certa reação no público, a fim de que este seja o suplicante das medidas que se deseja fazer aceitar. Por exemplo: deixar que se desenvolva ou se intensifique a violência urbana, ou organizar atentados sangrentos , a fim de que o público seja o requerente de leis de segurança e políticas, em prejuízo da liberdade . 
 Ou também: Criar uma crise econômica para que o povo aceite como um mal necessário o retrocesso dos direitos sociais e o desmantelamento dos serviços públicos. 
 3. A estratégia da gradualidade: 
 Para fazer que se aceite uma medida inadmissível, basta a aplicá-la gradualmente, a conta-gotas, num prazo ampliado. Dessa forma, as novas condições impostas, as mudanças radicais são aceitas sem provocar revoltas. 
4. A estratégia do adiar : 
 Outra maneira de provocar a aceitação de uma decisão impopular é a de apresentá-la como “dolorosa e necessária” , obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É más fácil aceitar um sacrificio futuro que um sacrificio imediato. Primeiro, porque o esfôrço não é imediato. - Segundo, porque a massa, ingenuamente crê que “amanhã tudo irá melhor” e que o sacrificio exigido poderá ser evitado. Isto dá mais tempo ao cidadão para se acostumar à idéia da mudança e de aceitar com resignação quando chegar o momento. 
5. Dirigir-se ao público como criaturas de pouca idade:  
 A maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza discursos, argumentos, personagens e entonações particularmente infantis, muitas vezes próximos à debilidade, como se o espectador fosse uma criatura de pouca idade ou um deficiente mental. Quanto mais tente-se procurar enganar o espectador, mais tende-se a adotar um tom infantil. Por que? “ Porque dirigir-se a uma pessoa como se tivesse 12 anos ou menos, tenderá, por sugestão, a adotar respostas ou reações mais infantis e desprovidas de sentido crítico”. 
6. Utilizar o aspecto emocional muito mais que a reflexão: 
Fazer uso do aspecto emocional é uma técnica clássica para curto-circuitar a análise racional, e neutralizar o sentido critico dos indivíduos. Por outro lado, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou injetar idéias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir a determinados comportamentos. 
7. Manter o povo na ignorância e na mediocridade: 
Fazer com que o público seja incapaz de compreender a tecnologia e métodos utilizados para seu contrôle e escravidão. “ A qualidade da educação dada às classes sociais inferiores deve ser a mais pobre e mediocre possivel , de forma que a distancia entre estas e as classes altas permaneçam inalterada no tempo e seja impossível alcançar uma autêntica igualdade de oportunidades para todos.” 
 8. Estimular o público a ser complacente com a mediocridade 
Fazer crer ao povo que está na moda a vulgaridade, a incultura, o ser mal falado ou admirar personagens sem talento ou mérito algum, o desprezo ao intelectual, o exagero do culto ao corpo e a desvalorização do espírito de sacrifício e do esforço pessoal. 
9. Reforçar o sentimento de culpa pessoal: 
Fazer crer ao individuo que êle é o único culpado de sua própria desgraça, por insuficiência de inteligência, de capacidade, de preparacão ou de esforço. Asim, em lugar de rebelar-se contra o sistema econômico e social, o individuo se desvaloriza , se culpa, gerando em si um estado depressivo, que inibe sua capacidade de reagir E sem reação, não haverá revolução. 
 10. Conhecer os indivíduos melhor do que êles mesmos se conhecem: 
 Nos últimos 50 anos, os avanços da ciência geraram uma crescente brecha entre os conhecimentos do público e aqueles utilizados pelas elites dominantes. Graças à biologia, a neurobiologia e a psicologia aplicada, o Sistema tem desfrutado de um conhecimento avançado do ser humano, tanto de forma física como psicológica . O Sistema conseguiu conhecer melhor o indivíduo comum do que êle se conhece. 
Isto significa que, na maioria dos casos, o sistema exerce um maior controle e poder sobre os indivíduos, superior ao que pensam que realmente tem. 

 Noam Chomsky Visões Alternativas 
Versão e formatação : José Mauro Rodrigues


23/03/2015

HOJE EU VOU MUDAR


Hoje eu vou mudar!
 E para não ficar apenas nas promessas, vou começar pelo mais fácil, vou mudar o caminho, vou andar por novas ruas, ver novas caras, quem sabe, começar uma nova amizade.
 Pensando em pequenas mudanças, vou abrir mão de pequenas coisas, coisas que me incomodam e que faço automaticamente, alias, vou prestar mais atenção nos meus atos, vou ser um observador de mim mesmo.
Vou vigiar meus passos, e tentar cortar aqueles que me levam até a decepção. Hoje eu vou mudar!
Promessa antiga, que me faço sempre que quebro a cara, mas hoje, hoje eu quero e preciso do novo, ou quem sabe, resgatar antigos hábitos saudáveis, como ser feliz com o que tenho, valorizar as pessoas que gostam de mim como eu sou.
Valorizar a roupa que eu uso, a comida que eu como, a família que eu tenho, o amor que me acompanha, o estudo que eu conclui, a escola que eu freqüento, o emprego que eu tenho...
São tantas coisas, e tão pouco tempo para ver, pouco tempo para o que é bom e estável, muito tempo para o que ainda não tenho, muito tempo para lamentações e dores.
Chega!
 Hoje eu vou mudar, por isso, começo o dia com uma prece sentida, agradecendo pela oportunidade de ter mais uma chance, de poder desejar e fazer mudanças, para fazer em mim, o ser que eu gostaria de ser...

E ser livre para dizer que amo a vida, dizer para cada pessoa que eu conheço que elas são importantes para mim, e abraçar cada um, como se fosse despedida, sendo apenas mais um dia,  DIA DE MUDAR! 
                                      FELIZ PÁCOA

AS PERNAS

Eis a  principal razão de caminhar !!!

As pernas são o nosso segundo coração!
Aqui vai um bom conselho para começar bem a semana!
No ser humano, as pernas correspondem a 20% do peso do corpo. É onde temos os músculos mais longos (sartórios) e mais fortes (glúteos).
O sangue desce por gravidade mas tem que subir de volta para o tronco.
Entre os músculos e o Tibial Posterior
temos veias e artérias que, por contração, produzem o efeito de circulação do sangue. É como se em cada perna existisse uma bomba.
O par de músculos na barriga da perna - os gêmeos -  são ativados cada vez que caminhamos e ainda mais intensamente quando subimos escadas ou andamos nas pontas dos pés.
Muitas horas sentados ou em pé, sem ativação adequada destes músculos, são muito prejudiciais a longo prazo para a nossa saúde.
Pernas enfraquecidas por falta de movimento significam patologias circulatórias, falta de equilíbrio, fraco alinhamento postural que pode também resultar em dores articulares e tensões na parte superior do corpo. Por isso,​​
                                               caminhe...​​











                                      
                                                                                                                                                                                              ande...
ande...  de bicicleta 




corra...​


pela sua saúde...!

20/03/2015

PLENITUDE: GRATO





Já não basta agradecer.
Enquanto envelheço vou lembrar.
Dos irmãos que nunca me serão subtraídos,
da mãe que desejamos guardar longe do tempo e da morte.
Lembro do que ganhei, do que sonhei, do que não fiz, do que nunca serei,do que tenho feito, do que ainda terminarei.
Esqueço o que adiei.
Lembro e rezo, rezo e adormeço.
Acordo e lembro.
Lembro e vivo.
Lembro de quase tudo sem ter que descrever em sofreguidão.
Dos córregos, do cheiro de esterco e das roseiras,
da escuridão silenciosa e ampla na varanda da minha infância,
de onde se tinha poucas imagens e escassos recursos.
Lembro de que nem tinha pressa,
nem conhecimento da urgência no grande relógio ao fim do corredor.
Lembro do que me foi ofertado,
lembro que, então, sorri e segui.
Mas ainda assim dou graças por Ana e Cláudia,
dou graças pelo que ainda posso enxergar.
Dou graças por ter como servir,
dou graças por ter partilhado com os humildes.
Dou graças por ter sobrevivido à caridade dos que se fecham a qualquer aceno.
Dou graças porque pude ver muitos pássaros, flores e rios.

Dou graças pelos que me são necessários e pelos que se acham insubstituíveis.
Dou graças pela fé, pela esperança, pela Graça que ainda teremos.

TRANSCRIÇÃO DO BLOG  "VER E VIDA" DO AMIGO CLÁUDIO GONTIJO

12/03/2015

CONDOR ANDINO Vultur Gryphus


      A MAIOR AVE DAS MONTANHAS DA AMÉRICA DO SUL

CONDOR ANDINO



                  Liberación de Cóndor, Reserva Forestal Cóndor Blanco

11/03/2015

GERONTOLOGIA

Negar as rugas excessivamente pode ser sinal do problema



O envelhecimento faz parte do desenvolvimento do ser humano. Porém, para algumas pessoas, estar perto de idosos ou identificar em si mesmo marcas de que o tempo está passando –como rugas– pode ser assustador. A gerontofobia caracteriza a rejeição à velhice e, consequentemente, aos que que estão passando por ela.

De acordo com Marcos Paulo Betinardi, psiquiatra do Instituto Abuchaim, em Porto Alegre (RS), os motivos que levam a essa recusa variam muito, já que dependem das experiências do indivíduo com a velhice e de como o idoso é tratado por quem está a sua volta ao longo dos anos.

Você tem medo de envelhecer?

Sim.  Não.

Nunca pensei sobre isso...

"Um dos temores do ser humano é a morte, e a velhice é um prenúncio dela. Ao ver esse estágio da vida se aproximar, a pessoa percebe que há finitude e começa a negá-la, tentando não deixar que isso aconteça com ela, seja com exercícios físicos ou cirurgias plásticas, por exemplo", diz.

Ainda, sem registro no CID-10 (Classificação Internacional das Doenças), a gerontofobia não é considerada diagnóstico. No entanto, é possível percebê-la na conduta do indivíduo.

"Chamamos de fobia porque é um medo excessivo e desproporcional ao risco oferecido por tal coisa. No caso, o envelhecimento. Pessoas que discriminam idosos, que estão preocupadas demais com a aparência, adultos que se comportam como jovens são exemplos. É claro que não podemos generalizar, pois um conjunto de fatores é que vai determinar se o que você tem é gerontofobia ou não", explica Dinah Akerman, psiquiatra pela USP (Universidade de São Paulo).

A psicanalista e membro da SBPRJ (Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro) Maria Cristina Amendoeira cita o romance "O Retrato de Dorian Gray" (1890), de Oscar Wilde, para explicar esse temor: na história, um retrato do protagonista "envelhece", enquanto o próprio Dorian Gray se mantém jovem.

"Não existe uma idade para despertar esse sentimento, que é inconsciente. Mas, a partir de certos momentos, quando começamos a perder pessoas próximas ou mesmo quando vemos nossos pais envelhecerem, e isso significa o nosso próprio envelhecimento, nos deparamos com o fim da ilusão de que a vida é eterna. Muitas pessoas não sabem lidar com as mudanças que cada fase traz, começam a pensar de forma fixa em como será a sua velhice, e é aí que está o problema", fala.

A psicoterapeuta Maura de Albanesi diz que, apesar de não existir uma idade certa para a fobia se manifestar, alguns acontecimentos podem influenciar.

"Não é regra, claro, mas mulheres que estão perto dos 30 anos e ainda não casaram ou tiveram filhos começam a se achar velhas. Já para os homens, esse sentimento vem pelo lado profissional, quando não conseguem o status desejado. O que as pessoas precisam entender é que o que conta é o estado de espírito de cada um. Precisamos nos sentir ativos, sempre com algo a oferecer e compartilhar, seja com 30, 60 ou 90 anos".

Assim como a maioria dos traumas e doenças psicológicas, o medo de envelhecer também só é caracterizado como um problema quando existe prejuízo psicossocial progressivo. Ou seja, quando a preocupação em ficar velho atrapalha a vida e prejudica o indivíduo.

Novas idosas apresentam um novo perfil para a terceira idade e são mais ativas e vaidosas6 fotos3 / 6
Mãe de uma filha de 50 anos e avó de dois netos, Ligia Azevedo foi casada três vezes. Aos 40 anos, gerou um escândalo ao se casar com um rapaz de 23 anos. O casamento durou cerca de 10 anos.

Segundo os especialistas, o estigma ligado às pessoas mais velhas está diretamente relacionado à gerontofobia. "Basta observar como os idosos são tratados nas diversas partes do mundo. No oriente ou em tribos indígenas, por exemplo, são sábios; já no ocidente, são vistos como pessoas que dão trabalho, lentas...Isso tudo gera recusa porque ninguém que passar por isso", diz Betinardi.

Diante de um cenário de medo de chegar à terceira idade, é preciso observar que, além de ser uma etapa do ciclo da vida, entrar na velhice traz mudanças, assim como qualquer outra passagem, como, por exemplo, da infância para adolescência, e assim por diante.

"A primeira vantagem que devemos perceber é que se chegamos à velhice, é porque estamos vivos. Todos os momentos de passagem têm coisas boas e ruins. O envelhecimento traz questões para serem vividas, afinal, você, muitas vezes, abre mão de espaço no trabalho para pessoas mais jovens, aprende a valorizar outros aspectos mais nobres do dia a dia e a cultivar mais as relações afetivas. E tudo isso só traz qualidade de vida", fala Maria Cristina. "É preciso saber envelhecer", completa.
Não deixar esse medo chegar

A psicóloga do Hospital Albert Einstein, em São Paulo (SP), Lara Souza, aconselha a não pular fases da vida. Com isso, você evita a angústia de sentir saudade de algo que não viveu.

"Se você não vive plenamente cada momento, pode querer retornar e desenvolver um medo por não conseguir, afinal, aquele tempo já passou", afirma.

Para tratar a gerontofobia, não existe remédio. A terapia ajuda, mas existem ações práticas para entender e ver esse temor longe de você.

"Envelhecer não significa adoecer. Desde cedo, é preciso colocar crianças e jovens em convívio com as outras idades para perceberem que é uma coisa natural. Muitos jovens vivem como se nunca fossem ficar velhos. Essa convivência com as outras gerações também mantém o idoso ligado aos acontecimentos atuais e faz parte de um envelhecimento sadio", explica Maria Cristina.