04/05/2015

AS BEM-AVENTURANÇAS DO ANCIÃO

               

Bem-aventurados aqueles que compreendem meus passos vacilantes e minhas mãos trêmulas.
Bem-aventurados aqueles que levam em conta que meus ouvidos têm que se esforçar para captar o que dizem.
Bem-aventurados os que percebem que meus olhos já estão nublados e minhas reações são lentas.
Bem-aventurados os que desviam o olhar simulando não ver o café que por vezes derramo sobre a mesa.
Bem-aventurados os que com afável sorriso deixam-me,  por algum momentos, falar de coisas sem importância.
Bem –aventurados os que nunca me dizem: “já me contou isso tantas vezes!”
Bem-aventurados os que sabem dirigir a conversa e as recordações para as coisas dos tempos passados.
Bem-aventurados os que me fazem sentir que sou amado e não estou abandonado.
Bem-aventurados os que compreendem quanto me custa encontrar forças para carregar a minha cruz.
Bem-aventurados os que facilitam a passagem final para a pátria definitiva com amabilidade e boas maneiras.


Transcrito do livro: Mensagens e Orações Inesquecíveis

Padre Juca- Missionário da Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMO ME ALEGRA SUA VISITA!
OBRIGADA!
DEIXE SEU COMENTÁRIO...
Não possuindo conta no Google comente como Anônimo e assine, assim saberei que me visitou e deixou seu parecer.
Beijinhos
Celle