31/08/2013

RELAXE - ESCUTA E ADMIRA



Um regalo para os visitantes deste espaço...

29/08/2013

ORAÇÃO DO SÉCULO XX, XXl, XXll , ETC...

ORAÇÃO
                                                 Senhor, fazei de mim
Um instrumento de comunicação.

Onde tantos enviam bombas e destruição,
Que eu leve uma palavra de união!

Onde tantos procuram ser servidos,
Que eu leve a alegria de servir!

Onde tantos fecham a mão para bater,
Que eu abra meu coração para acolher!

Onde tantos endeusam a técnica,
Que eu saiba humanizar a pessoa!

Onde a vida perdeu o sentido,
Que eu leve o sentido de viver!

Onde tantos me pedem um peixe,
Que eu saiba ensinar a pescar!

Onde tantos me pedem um pão,
Que eu saiba ensinar a plantar!

Onde tantos estão sempre distantes,
Que eu seja alguém sempre presente!

Onde tantos sofrem de solidão que faz morrer,
Que eu seja o amigo que faz viver!

Onde tantos morrem na matéria que passa,
Que eu viva no espírito que fica!

Onde tantos olham para a terra,
Que eu olhe para o céu!

Pe. Atílio Hartmann, S. J. 

A oração poética, escrita pelo Pe. Hartmann, se refere ao século passado, marcado principalmente pela ocorrência das duas Grandes Guerras Mundiais e o surgimento de inúmeras crises espalhadas pelo mundo. Nela, o autor se utiliza de paradoxos que nos fazem refletir sobre o que de fato acontece e o desejo de agir ao contrário da grande maioria.
Num mundo tão conturbado e ainda sofrendo os desastres da ignorância humana, Hartmann chama a atenção para o “ser diferente”, caminhar na direção oposta do mal. Realmente, a bondade e a verdade são como códigos que nos distinguem das outras pessoas.
É preciso trabalhar o que cada um tem de mais especial em favor do bem comum e mais do que simples gestos, estaremos mostrando a nossa personalidade ao doar aquilo que temos de melhor, pedindo sempre a orientação que vem do Alto!


28/08/2013

TICO TICO NO FUBÁ

video

Para quem gosta e aprecia um violão extremamente bem tocado, este vídeo é um verdadeiro Show.
Quatro artistas russos, exímios violonistas, se divertem com música brasileira.  
Requer treinamento rígido por bom tempo. 
Que será que Zequinha de Abreu, se pudesse assistir isso, falaria? 
Tico Tico no Fubá, de Zequinha de Abreu, é uma das músicas brasileiras mais gravadas no mundo inteiro. São diversas versões: Quartetos de sopros (metais e madeiras), violões, violinos, celos, Orquestras e grupos diversos. A música, além de ser uma delícia, representa um sonho de todo solista: delirar nos improvisos desta fantástica composição.

27/08/2013

NESTE MOMENTO SOU INTERNAUTA....





Assunto: TEXTO DE LUIZ FERNANDO VERÍSSIMO 
- Nesta altura da vida já não sei mais quem sou....

 


Nesta altura da vida
já não sei mais quem sou....
Na ficha da loja sou CLIENTE,
no restaurante FREGUÊS,
quando alugo uma casa INQUILINO,
na condução PASSAGEIRO,
nos correios REMETENTE,
no supermercado CONSUMIDOR.

Para a Receita Federal CONTRIBUINTE,
se vendo algo importado sou CONTRABANDISTA.

Se revendo algo, sou MUAMBEIRO,
se o carnê tá com o prazo vencido INADIMPLENTE,
se não pago imposto SONEGADOR.

Para votar ELEITOR,
mas em comícios sou MASSA.
Em viagens TURISTA,
na rua PEDESTRE,
se sou atropelado ACIDENTADO
e no hospital viro PACIENTE.

Nos jornais sou VÍTIMA,
se compro um livro LEITOR,
se ouço rádioOUVINTE.

Para o Ibope sou ESPECTADOR,
para apresentador de televisão TELESPECTADOR,
no campo de futebol TORCEDOR.

Se sou corintiano,SOFREDOR.
Agora, já virei GALERA.
(se trabalho na ANATEL , sou COLABORADOR) e,

quando morrer... uns dirão... FINADO,
outros... DEFUNTO,
para outros... EXTINTO,
para o povão... PRESUNTO....
Em certos círculos espiritualistas serei... DESENCARNADO,
evangélicos dirão que fui... ARREBATADO...

E o pior de tudo
é que para todo governante
sou apenas um IMBECIL !!!
E pensar que um dia já fui mais EU.

Luiz Fernando Veríssimo.

 

CARTA À PRESIDENTE

                                                                                                       COMPARTILHADO POR EMAIL
É mais um mérito seu e desse seu partido: promover a maior humilhação que os médicos de um país sofreram até hoje!
Excelentíssima Sra. Presidente da República Dilma Rousseff,
Permita-me a apresentação: na minha opinião, eu sou um médico, na sua, um “trabalhador da saúde”. Na minha opinião, Medicina é cuidar de pessoas doentes, na sua, é fazer “transformação social”. Eu penso em salvar vidas, a senhora em ganhar votos. Como podemos ver, a senhora e eu não temos muito em comum à primeira vista, mas existem na minha vida alguns fatos que a senhora desconhece.
Assim como a senhora, eu já fui marxista – e dos fanáticos! Brigava com colegas da faculdade no final dos 80 e início dos anos 90 para ver seu projeto de poder realizado. Caminhei ao lado daquele seu amigo que gosta de uma cachacinha e costuma ser fotografado com livros de cabeça para baixo. Conversei pessoalmente com o “poeta do sêmen derramado” que agora governa o Rio Grande do Sul.
Não tinha idéia correta daquilo que havia acontecido no Brasil entre 1964 e 1985. Imaginava, como a senhora quer fazer parecer até hoje, que tudo estava indo bem até que militares malvados que não tinham nada para fazer decidiram, com ajuda dos americanos, derrubar o governo brasileiro.
Eu só me dei conta, presidente, de quem Lula, a senhora e seu partido-religião representavam quando comecei a trabalhar com a gente de vocês aqui em Porto Alegre a partir de 98. Duvido que eu estivesse mal-preparado, sabe? Eu já tinha feito 6 anos de faculdade, um ano de residência em pediatria, um de medicina interna e dois de cardiologia. Gostaria que a senhora visse em que lugar seus “cumpanheros” aqui dos pampas me colocaram para trabalhar...
Imagino a senhora doente naquelas condições de segurança, higiene, espaço e administração que a ralé do PT do Rio Grande do Sul nos ofereceu. A senhora tem idéia de como deve se sentir um médico ao ter seu estágio probatório avaliado por técnicos de enfermagem? A senhora sabe o que é receber, depois de tudo que se estudou na vida, ordens de enfermeiras, presidente? Em nome de quê? Em nome de um delírio chamado “democratização da gestão”? Em nome de um absurdo chamado “controle social”?
A senhora tem alguma noção de quantas pessoas eu vi morrerem depois que esse seu partido de assassinos e mensaleiros terminaram com o resto da rede hospitalar brasileira “aparelhando” a gestão dela com uma legião de analfabetos, recalcados, alcoólatras e incompetentes, que por oferecer uma parte de seu salário ao PT, passaram a dar ordens a homens e mulheres com capacidade de salvar vidas?
Mas por favor, não fique ofendida comigo, presidente, de certa forma essa carta é um agradecimento, sabe? Formado há quase 20 anos, eu nunca havia visto os médicos brasileiros tão unidos quanto agora. É mais um mérito seu e desse seu partido: promover a maior humilhação que os médicos de um país sofreram até hoje! A senhora não tem vergonha de apelar para uma ditadura bananeira, um país que mata, tortura, prende e vigia seus próprios cidadãos, para fornecer médicos para o SEU próprio povo?
A senhora é brasileira, ou não, presidente Dilma? Se não tem vergonha da Medicina do seu país, tenha pelo menos do seu povo! A senhora nasceu aqui e a primeira pessoa que lhe viu foi provavelmente um médico do Brasil. Provavelmente vai ser algum colega, intensivista como sou hoje, quem vai estar ao seu lado no último momento e mesmo assim a senhora quer chamar médicos cubanos para enganar nossa gente pobre e doente a ponto de garantir sua reeleição?
Quem lhe deu esse conselho, presidente Dilma? Identifique por favor, um por um, os médicos que lhe cercam e sugeriram semelhante idéia! A senhora e eu já conhecemos alguns, não é? Vamos apresentar os demais ao Conselho Federal de Medicina, ou não?
Presidente Dilma, até bandidos e prostitutas se ofendem quando tem seu território e ganha pão ameaçados. Nós somos médicos, nós salvamos vidas e não vamos permitir que uma profissão cuja origem se perde no tempo seja levada ao fundo do poço por um partido como o da senhora com o argumento de que estamos sendo corporativistas e o Brasil está sem médicos.
Deus lhe proteja na batalha que vai enfrentar conosco, presidente. Se a senhora for ferida vai precisar ser atendida por um médico – e eu duvido muito que ele fale português.
Porto Alegre, 2 de julho de 2013

Milton Simon Pires é médico (CREMERS 20.958).

24/08/2013

A NOSSA LIBERDADE


                          (*GEN. PAULO CHAGAS*) 
                           ...trancrição de um email
Liberdade para quê?
Liberdade para quem?
Liberdade para roubar, matar, corromper, mentir, enganar, traficar e
viciar?
Liberdade para ladrões, assassinos, corruptos e corruptores, para
mentirosos, traficantes, viciados e hipócritas?
Falam de uma “noite” que durou 21 anos, enquanto fecham os olhos
para a baderna, a roubalheira e o desmando que, à luz do dia, já
dura 26!
Fala-se muito em liberdade!
Liberdade que se vê de dentro de casa, por detrás das grades de
segurança, de dentro de carros blindados e dos vidros fumê!
Mas, afinal, o que se vê?
Vê-se tiroteios, incompetência, corrupção, quadrilhas e
quadrilheiros, guerra de gangues e traficantes, Polícia
Pacificadora, Exército nos morros, negociação com bandidos,
violência e muita hipocrisia.
Olhando mais adiante, enxergamos assaltos, estupros, pedófilos,
professores desmoralizados, ameaçados e mortos, vemos “bullying”,
conivência e mentiras, vemos crianças que matam, crianças
drogadas, crianças famintas, crianças armadas, crianças
arrastadas, crianças assassinadas.
Da janela dos apartamentos e nas telas das televisões vemos
arrastões, bloqueios de ruas e estradas, terras invadidas, favelas
atacadas, policiais bandidos e assaltos a mão armada.
Vivemos em uma terra sem lei, assistimos a massacres, chacinas e
sequestros.
Uma terra em que a família não é valor, onde menores são
explorados e violados por pais, parentes, amigos, patrícios e
estrangeiros.
Mas, afinal, onde é que nós vivemos?
Vivemos no país da impunidade onde o crime compensa e o criminoso é
conhecido, reconhecido, recompensado, indenizado e transformado em
herói!
Onde bandidos de todos os colarinhos fazem leis para si, organizam
“mensalões” e vendem sentenças!
Nesta terra, a propriedade alheia, a qualquer hora e em qualquer
lugar, é tomada de seus donos, os bancos são assaltados e os caixas
explodidos.
É aqui, na terra da “liberdade”, que encontramos a
“cracolândia” e a “robauto”, “dominadas” e vigiadas pela
polícia!
Vivemos no país da censura velada, do “micro-ondas”, dos toques
de recolher, da lei do silêncio e da convivência pacífica do
contraventor e com o homem da lei.
País onde bandidos comandam o crime e a vida de dentro das prisões,
onde fazendas são invadidas, lavouras destruídas e o gado dizimado,
sem contar quando destroem pesquisas cientificas de anos,
irrecuperáveis!
Mas, afinal, de quem é a liberdade que se vê?
Nossa, que somos prisioneiros do medo e reféns da impunidade ou da
bandidagem organizada e institucionalizada que a controla?
Afinal, aqueles da escuridão eram “anos de chumbo” ou anos de
paz?
E estes em que vivemos, são anos de liberdade ou de compensação do
crime, do desmando e da desordem?
Quanta falsidade, quanta mentira, quanta canalhice ainda teremos que
suportar, sentir e sofrer, até que a indignação nos traga de volta
a vergonha, a auto estima e a própria dignidade?
Quando será que nós, homens e mulheres de bem, traremos de volta a
nossa liberdade?


* Paulo Chagas é General da Reserva do Exército do Brasil.
08-06-2013

Os filhos tornam-se para os pais, segundo a educação que recebem,
uma recompensa ou um castigo. 

19/08/2013

SABEDORIA INFANTIL

video
                                                  O GINECOLOGISTA E A CRIANÇA
             para descontrair...

AMIGOS DE TODAS AS HORAS

video
A LEALDADE DOS ANIMAIS SÃO MAIS SINCERAS 
BONS SENTIMENTOS
Trancrição do email da colega Gisele Claudya

PAPA FRANCISCO

                                                        DEUS O PROTEJA SEMPRE!
                                                  
"Começou a guerra contra o Papa Francisco"
                                                      
(recebido por e-mail em 17-08-2013)

Rumores que circulam entre a comunidade de inteligência em Roma, Itália, indicariam que os setores conservadores radicais da Igreja Católica Romana, lançaram duras críticas e ataques brutais contra o Papa Francisco, através da mídia, sites de redes sociais por sua atitude de reformador da Igreja.
Entre os argumentos apresentados como exemplo pelos católicos radicais conservadores estão:
1. O Papa Francisco violou a tradição do Vaticano, ao realizar a cerimnia do Lava-Pés, na Quinta-Feira Santa, fora do perímetro do Vaticano, em Roma, na prisão de menores “Casa de Mármore”, incluindo quatro não-católicos no ritual: duas mulheres e dois muçulmanos.
Este é um ato sem precedentes na história e na tradição dos rígidos rituais da Igreja Romana, que, ao longo dos séculos, desde sua fundação, marginaliza e não considera a mulher. Os conservadores teriam visto com horror o “sacrilégio” do sorridente Papa Francisco, a quem, nas internas, tratariam por um termo pejorativo, que designa quem está sempre rindo e se dá bem com todos, indiscriminadamente.
2. A recusa do Papa Francisco de morar no apartamento papal no palácio do Vaticano, decidindo, para sua segurança pessoal, residir na residência Santa Marta, o hotel quatro estrelas do Vaticano, onde há muitas pessoas, e assim se afastar do isolamento que cerca o Papa, quando reside no Palácio Vaticano.
O Papa Francisco quer estar ciente do que ocorre ao seu redor extra-muros vaticanos. No apartamento papal, estaria restrito e vigiado, controlado e supervisionado e, o mais importante, desinformado e à mercê das “hienas do Vaticano”, que já planeariam extirpá-lo de seu meio.
3. No almoço em Castel Gandolfo, quando se reuniu com Bento XVI , este teria confidenciado ao Papa Francisco que uma das causas que influenciaram sua renúncia foram as ameaças que recebeu e seu medo de ser envenenado, pois já teriam decidido seu assassinato. Ao anunciar sua renúncia, tornando-a pública, Bento XVI, teria desmontado a suposta operação para matá-lo.
4. A cúpula encastelada no Vaticano se oporia totalmente aos planos do Papa Francisco de reformar, eliminar, modificar a pompa, o ritualismo, o luxo e a ostentação da Igreja Católica Romana. Francisco tem um desejo secreto e a ideia de permitir que as mulheres exerçam o sacerdócio católico, o que seria um terremoto de proporções avassaladoras.
5. A Cúria Romana e o poder rechaçariam o apelo público feito pelo Papa à Igreja Católica para reforçar o diálogo e as relações com o Islão. Ele seria acusado de uma teologia relativista.
6. O Papa Francisco marginalizou os mais altos cargos do Vaticano na cerimônia do Lava-Pés da Quinta-Feira Santa.
7. Acusações ao Papa Francisco de ignorar as regras e as normas da Igreja Católica Romana porque, como Papa, age sem fazer consultas ou pedir permissão de ninguém para abrir exceções às regras eclesiásticas que se referem a ele.
8. A organização Opus Dei proibiu (censurou) em todas as suas livrarias a venda do primeiro livro sobre o Papa Francisco, Troa.
9. A Promotoria Romana Anti-Corrupção fez apreensão significativa de centenas de caixas de documentos que comprometem e envolvem as finanças do Vaticano e pessoas importantes com a máfia italiana e gigantescas operações de lavagem de dinheiro e desvio de fundos do Vaticano em um mecanismo complicado para fazer desaparecer dinheiro.
Este escândalo poderia ser o “Sansão” que derrubaria as colunas que sustentam a Capela Sistina e todos os edifícios opulentos da luxuosa estrutura do Vaticano.
10. Tanto a Opus Dei, a Maçonaria Illuminati, importantes e influentes setores bancários, econômicos, setores mafiosos italianos, além dos próprios cardeais que formam “a máfia e o poder do Vaticano” estariam em perigo iminente devido ao confisco dessas caixas de documentos supremamente comprometedores por parte da Promotoria Romana Anti-Corrupção e pela intenção do Papa Francisco de sanear e colocar ordem nas finanças do Vaticano e em todos os negócios e empresas de investimento deste Estado religioso bilionário.
11. Outra coisa que teria deixado esses grupos da retaguarda do poder extremamente irritados e furiosos é que o Papa Francisco não concorda que os infratores de batina vivam na área do Vaticano, refugiados, escondidos, evadidos de enfrentar a lei. Para isso, já emitiu instruções que quem tem processos pendentes ou acusações criminais deixe o solo do Vaticano, porque, em seu pontificado, o Vaticano não será o santuário dos infratores da lei…
Imaginem o que vem por aí! Deus proteja o doce Papa Francisco dos lobos ferozes, que já estariam rondando a caça!                                                  
  É deplorável!  Desolador!...




Comentário recebido de um amigo;

Minha cara Amiga,

Não estou nada surpreendido. Tinha previsto como lhe disse várias vezes. Não pensei que fosse tão rápido e bem organizado. Ele sabia e mostrou consciência dos perigos que corre e até disse que um sacerdote deve estar disposto a arriscar a vida pela fé. Os conservadores radicais não podiam ficar indiferentes aos cortes nas suas mordomias e direitos adquiridos. A roubalheira está presente por todo o lado e o Vaticano não está isento de tais ambições e culto dos «ídolos efémeros».

A saída dele para fora das catacumbas do Vaticano foi o primeiro sina consciente dos perigos que corre e da necessidade de se defender. Ele saberá defender-se e rodear-se de colaboradores sérios. Mesmo que não consiga viver muito mais tempo, já semeou a boa demente, que há-de germinar. Deus há-de vencer o demónio!!!

Espero que tenha êxito. Dê a máxima divulgação a esta mensagem.

Beijos
João


18/08/2013

AMIZADE


AOS MEUS AMIGOS
Só um coração aberto recebe Amor e somente pessoas especiais recebem mensagens minhas! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

DISCRIMINAÇÃO ETÁRIA

Respeito aos mais velhos
Pretendi com este meu poema atingir a consciência humana no sentido da perda de moralidade, da perda de valores humanos. Eu fui educada a respeitar os mais velhos. Até na primária nos ensinavam isso. Eu sempre gostei das pessoas mais velhas porque sentia que eram elas que tinham o saber que eu gostava que me transmitissem. Hoje, não há respeito por ninguém. É uma verdade que o governo dá o exemplo. E, relativamente a este, João Soares já se pronunciou e muito mais haveria a dizer. Mas, são os pais que transmitem aos filhos a ausência desses valores que perderam. E, paradoxalmente, são estes mesmos pais que sofrem o reflexo dessa falta de valores morais e humanos dos filhos em relação aos próprios pais.É esta ausência que mais me impressiona nos nossos dias.

Discriminação etária
O ser dito racional
Na sociedade atual
Recusa quem já viveu
E que muito aprendeu.  

Aquele que trabalhou
E que o saber conquistou
Depois de estar realizado
Vem a ser discriminado.  

Quem o saber possuir
P´ra socialmente intervir,
Já não é como outrora…
Recusado é agora…  

Era o mestre, era o senhor,
Mas, pela ausência de amor,
Por todos é recusado,
Aviltado e maltratado.
                                      “Zélia Chamusca”
(colega e amiga do Sempre Jovens)    OBRIGADA!

ANDRÉ RIEU "BALLADE POUR ADELINE!

PARA APRECIAÇÃO DE QUEM CURTE MUSICA COM ALEGRIA E PRAZER!

16/08/2013

GANHEI CORAGEM

por Rubem Alves


Mesmo o mais corajoso entre nós só raramente tem coragem para aquilo que ele realmente conhece“, observou Nietzsche. É o meu caso. Muitos pensamentos meus, eu guardei em segredo. Por medo. Albert Camus, ledor de Nietzsche, acrescentou um detalhe acerca da hora quando a coragem chega: “Só tardiamente ganhamos a coragem de assumir aquilo que sabemos“. Tardiamente. Na velhice. Como estou velho, ganhei coragem. Vou dizer aquilo sobre que me calei: “O povo unido jamais será vencido“: é disso que eu tenho medo.

Em tempos passados invocava-se o nome de Deus como fundamento da ordem política. Mas Deus foi exilado e o “povo“ tomou o seu lugar: a democracia é o governo do povo... Não sei se foi bom negócio: o fato é que a vontade do povo, além de não ser confiável, é de uma imensa mediocridade. Basta ver os programas de televisão que o povo prefere.

A Teologia da Libertação sacralizou o povo como instrumento de libertação histórica. Nada mais distante dos textos bíblicos. Na Bíblia o povo e Deus andam sempre em direções opostas. Bastou que Moisés, líder, se distraísse, na montanha, para que o povo, na planície, se entregasse à adoração de um bezerro de ouro. Voltando das alturas Moisés ficou tão furioso que quebrou as tábuas com os 10 mandamentos. E há estória do profeta Oséias, homem apaixonado! Seu coração se derretia ao contemplar o rosto da mulher que amava! Mas ela tinha outras idéias. Amava a prostituição. Pulava de amante a amante enquanto o amor de Oséias pulava de perdão a perdão. Até que ela o abandonou... Passado muito tempo Oséias perambulava solitário pelo mercado de escravos... E que foi que viu? Viu a sua amada sendo vendida como escrava. Oséias não teve dúvidas. Comprou-a e disse: “Agora você será minha para sempre...“ Pois o profeta transformou a sua desdita amorosa numa parábola do amor de Deus. Deus era o amante apaixonado. O povo era a prostituta. Ele amava a prostituta. Mas sabia que ela não era confiável. O povo sempre preferia os falsos profetas aos verdadeiros, porque os falsos profetas lhes contavam mentiras. As mentiras são doces. A verdade é amarga. Os políticos romanos sabiam que o povo se enrola com pão e circo. No tempo dos romanos o circo era os cristãos sendo devorados pelos leões. E como o povo gostava de ver o sangue e ouvir os gritos! As coisas mudaram. Os cristãos, de comida para os leões, se transformaram em donos do circo. O circo cristão era diferente: judeus, bruxas e hereges sendo queimados em praças públicas. As praças ficavam apinhadas com o povo em festa, se alegrando com o cheiro de churrasco e os gritos. Reinhold Niebuhr, teólogo moral protestante, no seu livro O homem moral e a sociedade imoral observa que os indivíduos, isolados, têm consciência. São seres morais. Sentem-se “responsáveis“ por aquilo que fazem. Mas quando passam a pertencer a um grupo, a razão é silenciada pelas emoções coletivas. Indivíduos que, isoladamente, são incapazes de fazer mal a uma borboleta, se incorporados a um grupo, tornam-se capazes dos atos mais cruéis. Participam de linchamentos, são capazes de pôr fogo num índio adormecido e de jogar uma bomba no meio da torcida do time rival. Indivíduos são seres morais. Mas o povo não é moral. O povo é uma prostituta que se vende a preço baixo. Meu amigo Lisâneas Maciel, no meio de uma campanha eleitoral, me dizia que estava difícil porque o outro candidato a deputado comprava os votos do povo por franguinhos da Sadia. E a democracia se faz com os votos do povo... Seria maravilhoso se o povo agisse de forma racional, segundo a verdade e segundo os interesses da coletividade. É sobre esse pressuposto que se constrói o ideal da democracia. Mas uma das características do povo é a facilidade com que ele é enganado. O povo é movido pelo poder das imagens e não pelo poder da razão. Quem decide as eleições – e a democracia - são os produtores de imagens. Os votos, nas eleições, dizem quem é o artista que produz as imagens mais sedutoras. O povo não pensa. Somente os indivíduos pensam. Mas o povo detesta os indivíduos que se recusam a ser assimilados à coletividade. Uma coisa é o ideal democrático, que eu amo. Outra coisa são as práticas de engano pelas quais o povo é seduzido. O povo é a massa de manobra sobre a qual os espertos trabalham. Nem Freud, nem Nietzsche e nem Jesus Cristo confiavam no povo. Jesus Cristo foi crucificado pelo voto popular, que elegeu Barrabás. Durante a Revolução Cultural na China de Mao-Tse-Tung, o povo queimava violinos em nome da verdade proletária. Não sei que outras coisas o povo é capaz de queimar. O nazismo era um movimento popular. O povo alemão amava o Führer. O mais famoso dos automóveis foi criado pelo governo alemão para o povo: oVolkswagenVolk, em alemão, quer dizer “povo“...

O povo unido jamais será vencido! Tenho vários gostos que não são populares. Alguns já me acusaram de gostos aristocráticos... Mas, que posso fazer? Gosto de Bach, de Brahms, de Fernando Pessoa, de Nietzsche, de Saramago, de silêncio, não gosto de churrasco, não gosto de rock, não gosto de música sertaneja, não gosto de futebol (tive a desgraça de viajar por duas vezes, de avião, com um time de futebol...). Tenho medo de que, num eventual triunfo do gosto do povo, eu venha a ser obrigado a queimar os meus gostos e engolir sapos e a brincar de “boca-de-forno“, à semelhança do que aconteceu na China.

De vez em quando, raramente, o povo fica bonito. Mas, para que esse acontecimento raro aconteça é preciso que um poeta entoe uma canção e o povo escute: “Caminhando e cantando e seguindo a canção...“ Isso é tarefa para os artistas e educadores: O povo que amo não é uma realidade. É uma esperança.

(Folha de S. Paulo, 05/05/2002)

15/08/2013

SER CRIANÇA

"Carregando água na peneira"
"Ah como é bom a gente ter infância!
Como é bom a gente ter nascido numa pequena cidade
banhada por um rio.
Como é bom a gente ter jogado futebol no Porto de Dona
Emília,no Largo da Matriz.
E se lembrar disso agora que já tantos anos são passados.
Como é bom a gente lembrar de tudo isso.Lembrar dos jogos à beira do rio,
Das lavadeiras,dos pescadores e dos meninos do Porto
Como é bom a gente ter tido infância para poder
lembrar-se dela
E trazer uma saudade muito esquisita escondida no
coração."
Manoel de Barros (Poesias)

13/08/2013

MEU QUERIDO, MEU VELHO, MEU AMIGO


ROBERTO CARLOS


ROBERTO CARLOS - MEU QUERIDO MEU VELHO MEU AMIGO É UMA CANÇÃO DA DUPLA ROBERTO & ERASMO CARLOS QUE FOI COMPOSTA E GRAVADA NO ÁLBUM DE 1979 EM HOMENAGEM AO PAI DO REI ROBERTO CARLOS SR. ROBERTINO BRAGA FALECIDO EM 198, E NESTE VÍDEO MOSTRA O REI CANTANDO ESTA LINDA CANÇÃO NUM MEGA CONCERTO NO ESTÁDIO DO MARACANÃ EM JULHO DE 2009.


MONÓLOGO DAS MÃOS


BIBI FERREIRA
Tudo é muito lindo: o texto do monólogo e a fantástica
interpretação desta maravilhosa Bibi.

10/08/2013

DIA DOS PAIS

Pai que aos olhos da criança é herói
Pai que aos olhos do jovem é vilão
Pai que aos olhos do adulto é um amigo
Pai que aos olhos do velho é saudade
Quando eu te via como herói
Não sabia quase nada da vida
Sentia-me seguro ao seu lado
Eu só queria ser seu filho
Quando eu te vi como vilão
Pensava que já sabia tudo sobre a vida
Não queria proteção
Eu só queria ser herói
Quando eu te vi como amigo
Pude me dar conta dos erros cometidos
Foi quando realmente te conheci
Que entendi o sentido da vida
Quando me dei conta de sua falta
A idade já havia me alcançado
Você já não era mais herói, nem vilão
Nem amigo e nem solidão
Você virou soma de tudo aquilo que foi
De tudo aquilo que eu pensei que fosse
A síntese da vida que hoje eu vivo
A minha definição da palavra PAI!
(Luis Alves)

Luis Alves é colaborador exclusivo do site Esoterikha.com, esteja a vontade para usar seus textos e fazer homenagens no dia dos pais, mantenha os créditos ao autor e cite a fonte, obrigado! 

08/08/2013

RADIOCIRURGIAS

OPERAÇÕES SEM CORTE

Transcrição da reportagem da "Agência Brasil" 
Bruno Bocchini

São Paulo – O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) começou a fazer radiocirurgias – operações sem corte – em pacientes que não têm condições clínicas de enfrentar uma cirurgia convencional. O tratamento é indicado para tumores em estágio inicial ou metástases localizadas no pulmão e na coluna vertebral, desde que isolados e com até 5 centímetros de diâmetro. O Icesp é a primeira instituição do país a fazer o procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Para fazer as cirurgias sem corte, o instituto adquiriu um equipamento de última geração que consegue concentrar, com exatidão, fortes doses de radiação somente sobre os tumores, sem afetar tecidos sadios. “A máquina tem alguns acessórios a mais do que o equipamento comum de radioterapia que possibilitam fazer uma aplicação com maior precisão”, explica o médico radioterapeuta do instituto, Rafael Gadia.
A precisão do equipamento torna possível a aplicação de cargas de radiação maiores nas sessões do tratamento. Enquanto na radioterapia comum o paciente, sem condições de ser operado, tem de passar por dezenas de sessões com doses pequenas, na radiocirurgia são necessárias, geralmente, até cinco apenas.
“Como o paciente é inoperável, o que era feito era a radioterapia convencional, em 30 ou 35 frações. Ou seja, davam-se pancadas pequenas todos os dias no tumor. Agora, com essa tecnologia, eu consigo fazer em três frações, com pancadas grandes de radiação”, destaca o médico.

O equipamento possibilita ainda que, mesmo havendo uma pequena movimentação do tumor durante a aplicação, provocada pela respiração, somente a área afetada pela doença seja tratada. O aparelho ajusta os disparos automaticamente. O procedimento dura, em média, cerca de uma hora. O paciente é liberado para voltar à rotina imediatamente.

06/08/2013

JMJ RIO DE JANEIRO 2013


   FRANCISCO, O PAPA QUE ENCANTOU NÃO APENAS O BRASIL MAS, O MUNDO!!!
AMAR A TODOS É NOSSA VITÓRIA. O NOSSO FRACASSO É NÃO AMAR!
FRANCISCO CONQUISTA TODAS AS TRIBOS!









04/08/2013

ORAÇÃO DO PAPA

BELA ORAÇÃO DO PAPA FRANCISCO

Uma oração em cada dedo....
ele é demais, adorei ver toda a sua caminhada no Brasil.
Orar faz bem!

1. O Polegar é o dedo mais próximo de você. Assim comece a orar pelos
que lhe são mais próximos. Eles são os mais facilmente lembrados. Orar
por nossos entes queridos é "uma doce obrigação"
2. O seguinte é o dedo indicador. Ore por aqueles que ensinam,
instruem e curam.  Inclua os mestres, professores, médicos e padres.
Eles necessitam de apoio e sabedoria para indicar a direção correta
aos outros. Mantenha-os em suas orações sempre presentes.
3. O próximo dedo é o mais alto. Ela nos lembra dos nossos líderes.
Ore para  a presidenta, congressistas, empresários e gestores, pessoas
 que dirigem os destinos de nossa nação e orientam a opinião pública.
Eles precisam da orientação de Deus.
4. O quarto dedo é o nosso dedo anelar. Embora muitos fiquem
surpresos, é o nosso dedo mais fraco, como pode dizer qualquer
professor de piano. Ele serve para lembrar rezar para os fracos, com
muitos problemas, ou acamados pela doença. Eles precisam da sua oração
dia e noite. Nunca é demais para orar por eles. Você também deve se
lembrar de orar pelos casais, amigos e parentes.
5. E finalmente o nosso dedo mindinho, o dedo menor de todos, que é a
forma como devemos estar diante de Deus e dos outros. Como diz a
Bíblia que "os últimos serão os primeiros". Seu dedo mindinho deve
lembrá-lo de orar por si mesmo. Quando você estiver orado para os
outros quatro grupos, suas próprias necessidades estarão na
perspectiva correta, e , você poderá rezar melhor pelas suas
necessidades.

Resumindo para  que Você se lembre sempre:

1-  Dedo polegar - mais próximo - rezar pelos que lhe são próximos
2 - Indicador - rezar para os que lhe ensinam os caminhos do bem
3 - Dedo alto - rezar para  os que lideram
4 - Anelar - rezar pelos doentes e outros
5 - Mindinho - rezar por si mesmo

02/08/2013

The Story of Stuff (A historia das coisas dublado em português completo)

MUYE INSTRUMENTO MUSICAL CHINÊS



 Já ouviu uma canção tocada numa folha?
Muye é um instrumento chinês muito simples e muito popular entre as minorias étnicas do sudoeste da China é o Muye.
Muye, é, de facto, o mais simples dos instrumentos, composto apenas por uma folha. 
Muye desempenha um papel muito importante nas relações amorosas entre jovens das minorias étnicas no sudoeste da China. Ao anoitecer, podem ser ouvidas músicas agradáveis, tocadas ao Muye. São as serenatas. Este é o sinal do convite dos rapazes às moças.
Deixe-se encantar por este TOCADOR DE FOLHA.

ACESSE O LINK:


01/08/2013

INVEJA É POBREZA DE ESPÍRITO

Vivemos num mundo competitivo onde as pessoas que se destacam e se projetam são mal vistas e invejadas. Deveriam servir de exemplo e não de inveja!
A inveja provoca muita amargura, é um sentimento que causa prejuízos irreparáveis para a vida da pessoa que o possuir:
"A inveja é a vaidade ferida" 
Para acabar com a felicidade do irmão o invejoso se impulsiona com os piores instintos a fim de acalmar seu Espírito. 
O sucesso e as conquistas das pessoas atrai a inveja, afinal todos querem se dar bem e serem reconhecidos! 
É bom lembrar que enquanto estamos preocupados com os outros , com o sucesso alheio, vedamos nossos olhos para o que nos rodeia, o que está ao nosso lado para ser conquistado e desperdiçamos a chance que nos foi dada, desperdiçamos nosso precioso tempo aquele que, deveria ser empregado para construir nosso sucesso pessoal.
O invejoso está sujeito a utilizar de meios ilícitos como o crime, a contravenção ou a exploração do próximo a fim de obter o sucesso. 
Por se sentir em estado inferior  pensa assim:"se ele pode porque eu não posso" e acaba se enganando a si próprio e se autodestruindo e destruindo outros...
Como acabar com a inveja? 
A única maneira é aplicar em nosso coração os princípios universais do respeito e do amor ao próximo. "Amar o irmão..."

RONALDO AFONSO FRANCO JUNIOR






Linda e concorrida foi a missa de sétimo dia do Dr. Ronaldo que nos deixou tão cedo, culminando com uma simples e comovente homenagem, de seus familiares e amigos, e ainda, na interpretação do coral e de todos os presentes de sua composição musical: Eu não sei andar de bicicleta!
Um jovem cardiologista, idealista, e muito humano deixando órfãos os pobres que atendia com todo carinho e respeito!
 Inteligente e esforçado, já se sobressaia não apenas no setor de saúde mas, como compositor,  musico, cantor e poeta.
A comunidade setelagoana chora a perda deste filho que tanto prometia!
 DESCANSE EM PAZ RONALDINHO!

ARTE EM PHOTOS...








Fotos da internet
TA CLARO QUE SÃO PHOTOS MONTADAS MAS, NEM POR ISSO PERDEM  O VALOR ARTÍSTICO...